SAÚDE

 
 
 
 
 
 Dra. Denise de Carvalho

2017

 

2016

24/11/2016

21/11/2016


 

O principal mito no que concerne a nutrição e o câncer é que se você nutrir o paciente oncológico, estará nutrindo o câncer.

Mito. O paciente precisa de uma imunidade nutrida para guerrear contra o câncer. Alguns nutrientes podem ser contraproducentes QUANDO EM EXCESSO, como sódio, ferro, cobre. Mas quando em excesso.

Segundo Dr Patrick Quillin, 40% dos pacientes oncológicos não morrem devido à massa tumoral em si, mas de DESNUTRIÇÃO. Triste realidade.

Nutrição adequada protege o paciente contra os efeitos tóxicos da quimioterapia e da radiação sem reduzir suas eficiências.

E o principal: AÇÚCAR ALIMENTA O CÂNCER. Ponto pacífico.

Então: não é "dieta livre" para o paciente oncológico. É dieta livre de AÇÚCAR. Isso sim.

 

16/08/2016

03/08/2016

            

 


 

15/07/2016

14/03/2016 

29/02/2016

26/02/2016

 

17/02/2016


 
Dra. Denise de Carvalho

A MEDICINA FUNCIONAL estuda o PACIENTE. Não somos SUPER ESPECIALISTAS. Somos SUPER GENERALISTAS. Como um GPS, tentamos achar os caminhos que levaram à doença que o paciente que nos procura tem e não o contrário. Não olhamos a doença, olhamos o PACIENTE, olhamos o TERRENO onde essa erva daninha cresce.

▶Exemplo prático: atendi uma paciente essa semana que me procurava incapaz de fazer movimentos finos com as mãos. Era digitadora e não estava conseguindo desempenhar sua função adequadamente. Vinha com cartas de ortopedista, endocrinologista, terapeuta de dor. E o diagnóstico fechado era: Síndrome do túnel do carpo. Trazia uma eletroneuromiografia (exame que estuda a condução nervosa pelos nervos) das mãos mostrando uma condução alterada nos nervos medianos FRUSTRA. Não era proporcional às queixas mostradas pela paciente. O endocrinologista tratava o recente ganho de peso de 10kg nos últimos 2 anos. O ortopedista tratava a síndrome do túnel do carpo. O terapeuta da dor tratava as dores intensas que apresentava nas mãos. Mas ninguém reconheceu o TERRENO.

▶Essa paciente é operada há 4 anos do estômago, passou para uma cirurgia bariátrica para perda de peso.

▶esses pacientes têm uma diminuição de absorção de uma série de nutrientes (zinco, selênio, ferro, vitamina B12, outras do complexo B, vitamina D para dizer alguns) seja pela diminuição da acidez gástrica (pela diminuição da própria câmara gástrica) ou pela diminuição da área de absorção. No caso dela havia ainda uma agravante: desde que foi operada toma Omeprazol DIARIAMENTE (reduzindo ainda mais a mínima acidez que tem). O ganho de peso mostra ainda más escolhas alimentares, com uma dieta pobre em nutrientes e rica em calorias vazias.

▶ a neuropatia apresentada poderia ser controlada e até curada com a reposição desses nutrientes faltosos. Caso simples se olhássemos para A PACIENTE COMO UM TODO. Agonizava há mais de 1 ano com dores insuportáveis. Adiantaria operar essas mãos?? Não! Porque o problema de base não seria corrigido. Super especialistas enxergaram super sistemas. MAS NÃO ENXERGARAM O SUPER INDIVÍDUO POR TRÁS DA DOENÇA.

 

zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

05/02/2016

OVOS OVOS OVOS OVOS

27/01/2016

19/01/2016

15/01/2016

13/01/2016

12/01/2016

 

09/01/2016

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

saudesaudesaudesaudesaudesaudesaudesaudesaude

VITAMINA D3